Maringá.com

Com o tema “Resistências”, a 5ª Festa Literária Internacional de Maringá (Flim), que será realizada entre os dias 21 a 25 de novembro, quer dar visibilidade às mulheres, negros, índios, refugiados e aos LGBTs.

Além das datas, fora do período eleitoral e dentro do mês da celebração nacional da Consciência Negra, estão entre as primeiras novidades da festa, novas locações e curadoria.

A FLIM ocupará parte do estacionamento de entrada do Estádio Willie Davids e espetáculos culturais serão realizados na Travessa Jorge Amado ao lado do Mercado Municipal. “

Diferente da edição anterior, onde a Flim teve como curador a Câmara Brasileira do Livro (CBL), o jornalista, escritor e diretor da Biblioteca Pública do Paraná, Rogério Pereira, assumirá a curadoria do evento.

Participantes foram selecionados pelo trabalho conjunto da comissão curadora que reúne representantes de diversos segmentos da sociedade ligados à literatura e da curadoria da Flim, sob responsabilidade do jornalista, escritor e diretor da Biblioteca Pública do Paraná, Rogério Pereira. O curador é criador do Rascunho, um dos mais importantes jornais especializados em literatura do país.

Matéria completa: https://goo.gl/EGW95G