Diretoria de Comunicação
A escritora carioca Thalita Rebouças tirou sorrisos e encantou o público maringaense com suas histórias nesta quinta, 4, durante atividade da Pré-Flim, evento da Secretaria de Cultura (Semuc) da Prefeitura de Maringá que antecede a 5ª Festa Literária Internacional de Maringá (Flim). Thalita falou sobre os “Desafios da literatura para adolescentes”, em conversa marcada pelo seu carisma e mediada pelo jornalista Victor Simião.

“Estou me sentindo muito acolhida em Maringá. Não quero ir embora”, disse após ganhar um presente confeccionado pelos servidores do Centro de Ação Cultural de Maringá (Cac), com poemas de escritores maringaenses. Pela manhã, a escritora visitou alunos que estão lendo suas obras na Escola Estadual João XXIII.

As boas vindas à Thalita na Pré-Flim foram dadas pelo Prefeito de Maringá, Ulisses Maia, acompanhado de sua filha, que aguardava o autógrafo em um dos livros da escritora. “Maringá está muito feliz com a sua presença hoje”, frisou Maia.

O secretário de Cultura, Miguel Fernando, destacou a importância do evento como pontapé inicial para a festa literária de 2018, que será realizada entre os dias 21 e 25 de novembro. “A Flim é um projeto tratado com muito carinho, pois sabemos que podemos ter um mundo melhor e mudar a sociedade com mais leitura”, disse.

A receptividade e humildade de Thalita, que conversou e fez “selfies” com leitores antes do evento, foi um dos destaques da visita. A escritora prendeu a atenção do público, composto por crianças, adolescentes e adultos, ao contar suas histórias com muito humor – uma das principais características das suas obras. Thalita é ′multifuncional′ e afirma que “quer falar sempre com o coração”. Sua trajetória profissional passa pela venda de 1,5 milhão de livros, até composições musicais, atuações em filmes e apresentação em programas.

Durante o evento, ela comentou que recebe relatos de mães e filhas que tiveram momentos marcados por suas histórias. É o caso da maringaense Celi, que conhece a escritora pela atuação na televisão. A última acompanhou as filhas Geovana, 15, e Júlia, 11, na fila de autógrafos. “A Geovana lê os livros, enquanto a Júlia assiste aos filmes”, afirmou.

A Pré-Flim segue em outubro, com a presença da escritora, poetista, romancista e ensaísta Conceição Evaristo. A escritora é um dos grandes nomes da literatura pós-moderna brasileira e patrona da festa literária. O encontro ocorre no dia 18 de outubro. Inscrições serão abertas em breve.

Flim – Novos confirmados
O escritor e músico Tony Bellotto foi o nome confirmado para a abertura 5ª Festa Literária Internacional de Maringá (Flim), no dia 21 de novembro. Além de compositor e guitarrista da banda Titãs, o convidado escreveu oito livros, publicados em mais de 20 anos de carreira literária. A Flim 2018 será realizada de 21 a 25 de novembro, com o tema “Resistências”. O curador é Rogério Pereira e a patrona, Conceição Evaristo.

O ex-parceiro de banda de Tony Bellotto e autor de renome da literatura brasileira, Arnaldo Antunes, também tem presença confirmada. A participação de ambos reforça como a literatura e a música serão constantes durante a festa. Palco cultural, montado na Travessa Jorge Amado (Mercadão de Maringá), animará o público em todas as noites com apresentações gratuitas.

A festa literária terá, ainda, a participação de sebos, editoras e livrarias – entre elas a maior do país. Expositores se instalarão nos estandes repaginados, localizados no estacionamento do Estádio Willie Davids. A estrutura contará também dois auditórios, um destes em formato de arena. As atividades foram concentradas no ponto com grande circulação de universitários para aumentar o público da festa e ampliar a comercialização de livros.